FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  11/03/2020 

Servidores da saúde do Estado participam de audiência na AL sobre ascensões funcionais

 
Os servidores do nível médio e superior lotaram duas salas durante as discussões que duraram cerca de cinco horas.
 
O Sindsaúde, junto às entidades sindicais representativas dos enfermeiros(Senece), farmaceuticos(Sinfarce), dentistas(Sindiodonto) e assistentes sociais(Sasec) participaram nesta terça-feira, 10/03, de audiência pública na Assembleia Legislativa que debateu sobre a mensagem que atualiza as ascensões funcionais dos servidores da saúde do Estado.
 
 
A ascensão funcional é direito do servidor da saúde do Estado garantido em lei. A cada ano de serviço prestado, o servidor é avaliado e tem direiro a 5% de aumento no salário base. Ocorre que este direito não vem sendo cumprido há oito anos. Após luta e mobilização dos servidores, tendo à frente o Sindsaúde, com ampla articulação junto ao secretário da saúde do Estado, Roberto Cabeto, o Governo encaminhou à AL/CE mensagem que atualiza as ascensões funcionais.
 
Pela mensagem, os percentuais devidos em decorrência da ascensão funcional serão pagos de forma parcelada, até 2022, seguindo o cronograma abaixo: 
2011 a 2014 folha de pagamento de abril de 2020;
2015 a 2018 folha de pagamento de abril de 2021;
2019 a 2020 folha de pagamento de abril de 2022.
 
Vários servidores tiveram a oportunidade de falar durante a audiência, que contou com a participação dos seguintes parlamentares: 
 
Augusta Brito (PCdoB)
Elmano de Freitas (PT)
Carlos Felipe (PCdoB)
Dra. Silvana (PL)
Júlio César (Cidadania)
Antônio Granja (PDT)
Guilherme Landim (PDT)
Queiroz Filho (PDT)
Heitor Férrer (SD)
 
 
O projeto deve ter a tramitação concluída na Comissão de Saúde e na Comissão de Constituição e Justiça ainda nesta semana para, depois, ir a plenário. O Governo quer, caso seja possível do ponto de vista do prazo, incluir a primeira parcela do pagamento já na folha de pagamento de abril para depósito em maio.
 
A presidente do Sindsaúde, Marta Brandão, falou das perdas que os servidores da saúde acumulam, com três anos sem o reajuste anual, e da importância de ser corrigir essas falhas e valorizar quem se decida a promover saúde pública e de qualidade. "O que estamos discutindo aqui não é o ideal para a categoria da saúde, que vem de um processo de muitas perdas e de desvalorização. Nós temos uma pauta muito extensa. Quando a gente encerrar essa discussão, vamos continuar discutindo porque tem muitas questões que precisam ser corrigidas".
 
Além da atualização das ascensões funcionais, que está sendo atendida nesta mensagem do Executivo, o Sindsaúde aproveitou a audiência para cobrar o envio da mensagem que trata sobre as mudanças na lei que instituiu a GDI - Gratificação por Desempenho Institucional. Na ocasião, o secretário da saúde se comprometeu a enviar a referida mensagem à AL ainda nesta semana. Ele afirmou ainda que o retroativo de desde janeiro também será garantido.
 
 
Última atualização: 11/03/2020 às 13:43:38
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Padre Mororó, 670 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.015-220

(Quase esquina com Rua São Paulo)

 

Fone: (85) 3212-4577  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS