FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  08/01/2019 

Segurança - Nota conjunta aos profissionais da enfermagem do Ceará

 
O Conselho Regional de Enfermagem do Ceará – COREN/CE, o Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Ceará – SENECE e o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos em Serviços de Saúde no Estado do Ceará - SINDSAÚDE, diante da notória situação de insegurança que assola o Estado do Ceará neste início de ano, torna pública a presente nota com as devidas orientações aos profissionais de enfermagem. 
 
Dentro de suas atribuições tipificadas em Lei Federal e responsável pela inscrição, registro e fiscalização do exercício ético-profissional, o COREN-CE esclarece que o artigo 2º do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem – Resolução COFEN nº. 564/2017 -  assegura aos profissionais de Enfermagem que “exerçam suas atividades em locais de trabalho livre de riscos, danos e violências física e psicológica, em respeito à dignidade humana e à proteção dos direitos dos profissionais de enfermagem”. 
 
Sendo assim, situações que gerem insegurança e risco aos profissionais e à própria população devem ser comunicadas formalmente ao responsável legal ou superior hierárquico (gerente de enfermagem, coordenador da unidade, secretário de saúde, responsável técnico e etc.), permanecendo o profissional com uma cópia do comunicado enviado. O Boletim de Ocorrência deve ser registrado informando a situação ocorrida às autoridades policiais. Os casos também devem ser formalmente comunicados aos respectivos Conselhos e sindicatos. 
 
Salientamos, ainda, que na ausência do médico e estando presente a equipe de enfermagem, esta deve solicitar a restrição do plantão prestando assistência aos casos de urgência e emergência e aos pacientes internos da instituição, realizando somente as atribuições que lhe são conferidas na Lei nº. 7.498/86 e no Decreto nº. 94.406/1987. Informamos também que, conforme a legislação que nos rege, é proibida a realização de procedimentos de Enfermagem por auxiliares e técnicos em Enfermagem na ausência do enfermeiro. 
 
O COREN/CE ressalva que assegurará aos profissionais de enfermagem o devido respaldo ético, com direito ao contraditório e a ampla defesa, em eventuais casos de responsabilidade, resguardando os profissionais diante da conduta prevista em nosso Código de Ética Profissional. Já o SENECE e o SINDSAÚDE, responsáveis pela defesa dos interesses coletivos e individuais de suas respectivas categorias, disponibilizarão o atendimento jurídico e ficarão à disposição dos profissionais para os esclarecimentos e a assistência jurídica necessária ante a ocorrência dos fatos acima. 
 
As entidades entendem que a construção de uma sociedade justa passa pela garantia e respeito ao Direito Constitucional de ir e vir dos cidadãos, sem a sombra do medo da violência social. 
 
Atenciosamente,
COREN-CE, SENECE e SINDSAÚDE.
 
Última atualização: 08/01/2019 às 13:39:00
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Padre Mororó, 670 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.015-220

(Quase esquina com Rua São Paulo)

 

Fone: (85) 3212-4577  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS