FacebookYoutube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  09/03/2018 

Adicional de Insalubridade – Esta vitória é nossa! Nota de esclarecimento

 
Evento de sanção do adicional de insalubridade não terá presença do Sindsaúde – Entenda porque
 
O Sindsaúde comunica aos agentes de saúde do Estado do Ceará que, embora tenha sido oficialmente convidado, não participará da solenidade de sanção da Lei que instituiu o adicional de insalubridade dos ACS, que acontece nesta segunda-feira, 12/03, no Palácio da Abolição. 
 
São de amplo conhecimento os esforços realizados pelo Sindsaúde e pela equipe dirigida por Camilo Santana, ainda durante a última campanha eleitoral, para implantar o tão sonhado adicional de insalubridade para esta categoria. Durante mais de três anos, foram realizadas várias reuniões, audiências e estudos financeiros, além de grandes mobilizações com a categoria no Palácio da Abolição e na Assembleia Legislativa. Tudo com o objetivo de fazer valer o compromisso de campanha. 
 
Surpreendentemente, quando o Governador remeteu para a Assembleia Legislativa a mensagem contendo o Projeto de Lei para instituir o adicional de insalubridade, surge uma entidade denominada CONACS que, com o apoio do deputado Júlio Cesar, começa a tirar proveito politiqueiro do projeto de lei. 
                                   
O Sindsaúde reuniu-se no gabinete do secretário Nelson Martins, nos dias 16 e 19 de fevereiro, e na frente de vários deputados, ali presentes, a sua assessoria jurídica apresentou a redação de uma emenda ao Projeto de Lei. O governador Camilo Santana acolheu a sugestão do Sindsaúde e refez o conteúdo do Projeto de Lei. 
 
Mais uma vez, para nossa surpresa, o deputado Júlio Cesar, no dia da votação da mensagem – 20 de fevereiro, em pronunciamento, ao lado da presidente da CONACS, relatou que estava apresentando emenda dele ao Projeto original, que seria fruto, segundo ele, de uma emenda apresentada pela CONACS. Nos dia 16 e 19 de fevereiro de 2018, este mesmo parlamentar participou das reuniões na Casa Civil e sabia que a redação da emenda que foi a plenário era de autoria da assessoria jurídica do Sindsaúde, cujo texto final assinado pelo Chefe do Poder Executivo Estadual refletia, com minúscula alteração, a emenda apresentada pelo Sindsaúde. 
 
Assim, sabendo que a entidade CONACS foi convidada para a solenidade de sanção da citada lei, o Sindsaúde opta por não participar deste evento, sobretudo porque esta mesma CONACS fomentou diariamente o golpe contra a Presidenta Dilma, com persistente divulgação de mentiras nas redes sociais. 
 
Em nosso Estado, a CONACS fez e faz oposição implacável ao governo Camilo Santana, aliando-se à oposição. Nacionalmente, a CONACS é aliada da bancada golpista, que dá apoio ao Temer.  
 
O Sindsaúde segue na luta junto aos ACS por novas conquistas!
 
Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará
 
Última atualização: 12/03/2018 às 13:06:24
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

 

SINDSAÚDE CEARÁ
Rua Padre Mororó, 670 - Centro
Fortaleza - Ceará  |  CEP 60.015-220

(Quase esquina com Rua São Paulo)

 

Fone: (85) 3212-4577  |  E-mail: contato@sindsaude-ce.com.br
www.igenio.com.br
CTB CNTS